sábado, 6 de agosto de 2011

"O Menestrel", de Marina Fernandes, homenagem a Oswaldo Montenegro.


A Marina adolescente e hoje a Marina mulher sempre foram impulsionadas pela poesia, pela musicalidade e pela beleza da arte de Oswaldo Montenegro.


Que sempre foram grandes inspirações, inspirações estas que ao longo do tempo Foi se registando.


Não sei o que representa algo assim para um artista já consagrado, tantas vezes homenageado, e com tantas fãs, mas esta fã, poetisa porque fã, não consegue descrever com palavras, a emoção de lançar um livro de poesias escritas num período de 30 anos, o sonho está concretizado.


Faça parte dessa história adquira o Livro O Menestrel e agradeço se puder divulgar na sua lista de amigos.


Abraços.


Marina Fernandes


Contato: marinamenestrel@hotmail.com


1979. Marina dormia, enquanto sua mãe já cuidava dos afazeres domésticos e ouvia o rádio. Ao acordar, espreguiçou-se e disse: Mãe, eu sonhei com uma música linda, que falava de uma bailarina que dançava ao som dos bandolins - falou lentamente recordando o sonho e a mãe disse: Essa música acabou de tocar no rádio! À noite, o namorado de Marina chega. Ficam conversando no portão. De repente, ouvem a música, o som vem da televisão ligada na sala e correm para ver. São dois os cantores, ela reconhece um deles pela expressão dos olhos, era o personagem do seu sonho. E o namorado vai embora. Um dia, a caminho da escola, cantarolando a música "Bandolins" e conversando com a amiga Margarete sobre o desejo de conhecer o artista, grita com toda a força do seu coração: 'Eu amo o Oswaldo Montenegro e um dia todo mundo vai saber!'"


Acessem: http://24.233.183.33/cont/login/Index_Piloto.jsp?ID=bv24x7br

Nenhum comentário:

Postar um comentário